Dieta da batata doce para emagrecer

Para emagrecer, você não precisa cortar açúcares da alimentação. Duvida? Pois então, conheça aqui tudo sobre a dieta da batata doce. Veja que a batata doce é sua aliada na conquista de um corpo magro e saudável.

 

Por que fazer a dieta da batata doce?

A batata doce contém açúcar, que é chamado tecnicamente de carboidrato. Os carboidratos ali presentes são de dois tipos:

  • Solúvel: aqueles que o organismo usa rapidamente para alimentar, por exemplo, o cérebro e os músculos.
  • Insolúveis: aqueles em forma de fibra, ótimos para preencher o trato digestivo e te permitir ficar mais tempo sem comer.

O arroz tradicional que você leva na marmita também contém carboidrato. Acontece que se você substitui o arroz tradicional pela batata doce, olha só a vantagem: ao contrário daquele do arroz, o carboidrato solúvel da batata-doce é digerido aos poucos. Assim, a chance daquela fominha pós-almoço bater é bem menor.

Ao ser liberado aos poucos para o sangue, o carboidrato da batata doce evita que a taxa de glicose (glicemia) fique alta. Já se sabe que picos de glicemia após as refeições levam ao acúmulo de gordura abdominal. E não desejamos isso, não é?

Rica em cálcio e potássio, elementos muito importantes na contração muscular contínua e sem cãibras, a batata doce te ajuda. Seu pique nos exercícios físicos será bem maior. Então, perderá peso.

O que é permitido comer na dieta da batata-doce?

Na dieta da batata doce, você não exclui outras fontes de carboidratos como pão, massas ou leguminosas. Mas é fundamental se alimentar de batata doce em uma das principais refeições do dia.

Você pode encontrar receitas que têm batata doce como ingrediente. Por exemplo, purês, pães e sopas. Portanto, nada de monotonia no cardápio da dieta da batata doce.

Outro ponto que você precisa prestar atenção: consumir batata doce junto com proteínas magras de origem animal. Queremos sugerir com isso: frango grelhado, peixe assado. Evite a todo custo carnes vermelhas, principalmente aquelas muito processadas como salsichas, hambúrgueres e bacon.

É bem relevante tomar café da manhã. Não é preciso comer batata doce nessa refeição. Porém, nada de ficar até mais tarde sem comer. Você vai sentir fome antes da hora do almoço. Então, acabará compensando isso com bolachas ou bebidas açucaradas. Ou seja, com alimentos que engordam.

 

Exemplos de cardápio da dieta da batata doce

Esses cardápios não incluem quantidades porque essas variam de acordo com a necessidade das pessoas. Procure um nutricionista para que ele estabeleça as quantidades ideais para o seu caso.

 

Cardápio 1

Café da manhã

Leite desnatado

Torradas integrais com margarina

 

Almoço

Rodelas de batata doce cozida

Filé de frango grelhado

Molho de tomate

 

Lanche da tarde

Iogurte desnatado

Pão integral com requeijão light

 

Jantar

Salada de hortaliças cruas

Fatia de melancia

 

Cardápio 2

Café da manhã

Leite desnatado com café

Pão integral com creme de ricota

 

Almoço

Salada de atum

Ovo cozido

Acelga, tomate, berinjela e milho

 

Jantar

Pão de batata doce

Peixe cozido

Salada de legumes

 

Ceia

Chá de hibisco

 

Recomendações para a dieta da batata doce

Parabéns, você optou por uma dieta que inclui carboidratos. Lembre-se que os carboidratos não podem faltar nas principais refeições. Do contrário, podemos apresentar fraqueza, baixa concentração e irritabilidade.

Na internet você encontra versões variadas da dieta da batata doce. Essa versão que oferecemos aqui dá chance para a perda de peso sem criar problemas. Isso porque ela não tem a batata doce como única fonte de carboidrato. Seus pratos não ficarão muito parecidos. A repetição do alimento em dietas com opções escassas faz a pessoa abandonar o regime.

Além disso, esse plano alimentar pode ser experimentado até por aqueles que não são fãs incondicionais da raiz.

As versões da dieta da batata doce que restringem demais o tipo de proteína animal a ser incluída podem trazer deficiências nutricionais. Por exemplo, a versão que sugere apenas frango e ovo, deixa você longe de nutrientes que promovem saúde. Por exemplo, do ômega 3, que é encontrado em peixes, especialmente atuns e sardinhas. Ele ajuda a reduzir o colesterol ruim, o que é bastante benéfico se você quer um coração saudável.

 

Leia também:

Chá de hibisco: Confira os benefícios e efeitos colaterais 

Dieta da melancia – ótima para limpar seu corpo e perder peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *