Cloridrato de Lorcaserina emagrece? Como tomar? Contraindicações

O cloridrato de Lorcaserina é um medicamento utilizado por muitas pessoas acima do peso para eliminar os quilos extras. Na verdade, é um anorexígeno que aumenta a atividade da serotonina e promove uma sensação de saciedade reduzindo a fome.

Por ser um remédio sob atenção da ANVISA, o cloridrato de lorcaserina precisa de receita controlada. Nesse artigo, vamos abordar tudo sobre esse medicamento, se emagrece, como tomar, efeitos colaterais e contraindicações. Continue lendo.

locarserina

Cloridrato de lorcaserina emagrece?

Ele possui a mesma ação da Sibutramina, ambos potencializam a ação da serotonina em nosso cérebro causando uma sensação de saciedade por mais tempo inibindo a fome.

Isso acontece porque todos os seres humanos possuem neurotransmissores no cérebro, eles são células nervosas conhecidas como neurônios. Para que eles conversem entre si, elas necessitam de receptores.

Quando o neurotransmissor chamado serotonina se liga a vários receptores provoca inúmeras sensações de prazer, uma delas é a saciedade, isso faz com que a pessoa se sinta satisfeita com uma quantidade menor de alimentos.

A liberação do cloridrato de Lorcaserina pela ANVISA é relativamente uma novidade para quem busca o emagrecimento. O medicamento começou a ser comercializado no Brasil em 2016. Atualmente, ele compõe a curta lista de remédios destinados a esse fim juntamente com a sibutramina, orlistat e a desodalina.

É importante citar alguns benefícios do cloridrato de Lorcaserina que são: Controle do colesterol, glicemia de jejum e pressão arterial. O medicamento está se mostrando bastante útil no tratamento contra a dependência do tabagismo.

Mas, o cloridrato de Lorcaserina emagrece?

Apesar do cloridrato de Lorcaserina emagrecer, existe um grande engano por parte de muitas pessoas que acham que os resultados são alcançados somente com a ingestão do medicamento.

Para um processo de emagrecimento eficaz é preciso adotar na rotina as atividades físicas e uma reeducação alimentar. Somente dessa forma, é possível emagrecer e se manter em forma mesmo após o fim do tratamento com o esse remédio.

 

Cloridrato de lorcaserina – Como tomar?

Antes de mais nada é preciso dizer que o cloridrato de Lorcaserina só é indicado para pessoas com o IMC superior a 30 ou em casos muito extremos onde o paciente tenha problemas de saúde decorrentes do excesso de peso.

A posologia correta deve ser indicada pelo médico de acordo com a necessidade de cada paciente. Geralmente, são usados 2 comprimidos diários do cloridrato de Lorcaserina de 10 gramas antes das refeições ou conforme orientação do profissional da saúde.

É extremamente importante que o paciente tenha acompanhamento médico durante o tratamento, desse modo, é possível medir os resultados e os efeitos colaterais.

Na maioria dos casos, os pacientes tratados com cloridrato de Lorcaserina conseguem eliminar 5% do seu peso corporal, esse número pode variar de acordo com o estilo de vida alimentar e atividades físicas.

 

Cloridrato de lorcaserina – Efeitos colaterais

Muitas pessoas querem saber qual é a diferença do cloridrato de Lorcaserina e a sibutramina. Pois a resposta está nos efeitos colaterais.

De acordo com alguns relatos, o cloridrato de Lorcaserina possui efeitos colaterais menos agressivos para a saúde quando comparados com a sibutramina, entre eles:

  • Dores de cabeça
  • Inquietação e ansiedade
  • Problemas respiratórios como sinusite e nasofaringite;
  • Náuseas
  • Inchaço das mamas
  • Boca seca
  • Intestino preso
  • Risco no desenvolvimento de problemas na válvula cardíaca

 

O cloridrato de Lorcaserina é um dos medicamentos para emagrecer mais utilizados nos Estados Unidos, mas ainda está passando por inúmeros testes desde a sua liberação em 2012, portando, muitos especialistas afirmam que ainda é muito cedo para dizer que se trata de um medicamento seguro.

 

Cloridrato de lorcaserina – Contraindicações

Assim como todos os medicamentos, o cloridrato de Lorcaserina também possui contraindicações, afinal, não são todas as pessoas que podem fazer uso dessa substância, saiba quais são:

  • Pessoas que possui hipersensibilidade a formulação do cloridrato de Lorcaserina;
  • Menores de 18 anos;
  • Grávidas e lactantes;
  • Não pode ser usado juntamente com medicamentos para depressão, ansiedade e enxaquecas;
  • Pode ter interações medicamentosas, por isso é ideal consultar o médico e informar todos os remédios que está tomando;
  • Portadores de doenças cardíacas;
  • Pessoas com problemas hepáticos;
  • Pacientes diabéticos devem ter cuidado para os níveis de açúcar não baixarem muito e levar a quadros de hipoglicemia;
  • Portadores de doenças cerebrais;
  • Pessoas com diagnóstico de hipertensão pulmonar.

 

Embora o cloridrato de Lorcaserina tenha mostrado excelentes resultados para emagrecer, não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pode ser muito perigoso para a sua saúde.

Lembre-se que nenhum medicamento pode fazer milagres na perda de peso, grande parte nesse processo vai depender de você. Portanto, as mudanças de hábitos alimentares e a rotina de exercícios são os melhores remédios para emagrecer.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *